segunda-feira, 28 de maio de 2012

O primeiro teste

o teste contra Macedónia não correu mal, apesar das palavras negativas de Paulo Bento. Percebe-se que o seleccionador quer tirar mais do conjunto de jogadores que tem.
Há muito tempo que Portugal não joga em ataque contínuo. Não é nem nunca foi uma equipa talhada para jogar em permanente ataque. Apesar de nas campanhas de qualificação, Portugal ter de golear os adversários mais modestos, quando a selecção encontra equipas do seu nível ou superior remete-se ao contra-ataque, aproveitando as saídas rápidas de CR7 e Nani. Foi assim em 2006, 2008 e 2010. E vai ser assim que Portugal jogará em 2012, porque pela frente terá adversários como a Holanda e a Alemanha que gostam de atacar.
Por isso é de prever grande sofrimentos nos jogos da selecção, sempre à espera de uma oportunidade para matar o adversário. Este é um problema da selecção há vários anos. O esperar na retaguarda para iniciar contra-ataques. Jogando assim, Portugal dificilmente ganhará, mas se fizer de outra forma acabará por perder porque não tem jogadores capazes de "enjaular" os adversários à sua grande área.
Com a renovação de Paulo Bento até 2014, a Federação está a dizer que qualquer resultado na Ucrânia/Polónia será bom, mesmo que isso signifique perder os três jogos. O problema é que daqui a 2 anos vamos ter o mesmo problema. Faltam jogadores do meio campo e avançados para que a equipa das quinas entre em campo com vontade e qualidade de vencer.
Scolari deixou um legado que dificilmente alguém irá quebrar. O famigerado 4.3.3 em que se remete tudo à defesa.
A questão é saber se a culpa é dos seleccionadores ou da falta de jogadores....

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Em cima do Euro

O Euro 2012 está à porta e todos esperamos uma boa campanha da nossa selecção....
Relvado acompanha todos os jogos e acontecimentos dignos de registo..........
A partir de dia 8 de Junho...

Prémio merecido

A chamada de Hugo Viana à selecção é um prémio merecido para um dos terceiros melhores jogadores da Liga. Com isto, o Sp.Braga coloca três jogadores na Selecção, o que diz bem do crescimento da equipa bracarense.
Viana garante técnica e precisão de passe, apesar de ser mais lento do que Carlos Martins, mas para acelerar o jogo de Portugal, a Selecção tem Moutinho e os seus alas.
No entanto, o trio do meio campo que deverá começar o Europeu será Custódio, Meireles e Moutinho.



sábado, 19 de maio de 2012

Vitória para Paulo Sérgio

Parabéns a Paulo Sérgio que conquistou a Taça da Escócia pelo Hearts. O treinador que foi dispensado de Alvalade conseguiu um titulo. Esta vitória abre-lhe as portas da vizinha Premier League....

A final improvável

Final de Munique entre o Bayern local e o Chelsea. Atento espectador vai ser o Sp.braga

terça-feira, 15 de maio de 2012

Regressos históricos

O final de época traz sempre a curiosidade das subidas e descidas. Todos os anos é a mesma coisa.
Este fim de temporada, trouxe de volta à ribalta do futebol clubes históricos que por diversos motivos tiveram de participar nos escalões secundários.
O Estoril Praia é o primeiro. 7 anos depois está de volta ao 1º escalão. O clube da linha é um habitué das subidas e descidas, no entanto está na altura de se afirmar na primeira divisão.
O Farense regressou à 2ª divisão de onde tinha descido a temporada passada. A equipa algarvia lutará agora para regessar à Liga de Honra.
Aos nacionais subiram CA Felgueiras, Salgueiros 08 e Campomaiorense. Os dois primeiros nasceram depois de os clubes originais terem sido extintos. O ultimo há muito que já se tinha reerguido.
É de saudar o regressos destes nomes à ribalta, e a prova que nunca foram esquecidos é a sua visibilidade depois de refundados, reorganizados, etc etc......
O esquecimento a que foram sujeitos deveu-se ao facto de terem grandes problemas financeiros, não se importando em voltar a construir tudo de novo mas de forma diferente. Foi o que aconteceu com o Farense, que até foi recebido nos paços do concelho algarvio. O destino a que tiveram de ser sujeitos Campomaiorense, Salgueiros, Felgueiras e Farense, será o provável destino de União de Leiria esta época e quiçá do Vitória de Setubal.
O clube de Leiria está no fio e o Vitória está com grandes dificuldades em inscrever a equipa na próxima época, pelo que pergunta-se porque não começar tudo de novo? É que na próxima temporada será o Vitória de Setubal o grande animador da temporada por causa das notícias de salários em atraso.

segunda-feira, 14 de maio de 2012

os 23 de Bento

Eis os eleitos de Paulo Bento para o Euro 2012:

Guarda Redes

Rui Patricio, Beto e Eduardo

Defesa

  • João Pereira
  • Pepe
  • Rolando
  • Bruno Alves
  • Fábio Coentrão
  • Miguel Lopes
  • Ricardo Costa
Médios

  • João Moutinho
  • Raul Meireles
  • Carlos Martins
  • Custódio
  • Miguel Veloso
  • Ruben Micael
Avançados
  • Cristiano Ronaldo
  • Nani
  • Hugo Almeida
  • Helder Postiga
  • Nélson Oliveira
  • Quaresma
  • Varela
Uma equipa equilibrada nos seus sectores, se bem que a defesa pode ser a mais fraca. De referir o meio campo forte. As alas do ataque estão bem entregues com quatro excelentes jogadores, sendo possível a colocação de CR7 como Ponta de Lança.
A inclusão de Custódio e Miguel Lopes é justo pela época que o Sp. Braga fez.
os 23 de Paulo Bento podem surpreender, porque não se trata de uma equipa com muitas estrelas mas de jogadores tacticamente perfeitos.

Chapada no Benfica

Pedro Proença foi o árbitro designado pela UEFA para apitar a final da Champions League entre Bayern e Chelsea no próximo Sábado, na Arena de Munique.
O árbitro do celebre Benfica-FCP que decidiu o campeonato, acaba de ser premiado pela UEFA.
A nomeação de Proença é uma chapada em LFV e todos aqueles que acusam Proença de perseguição ao Benfica. Todos cometem erros, mas a integridade não pode nunca ser posta em causa. LFV, Jesus, Rui Gomes da Silva e outros fizeram um autêntico "assassinio" publico ao árbitro após o jogo do titulo, e isto quando o erro deveria ser imputado ao seu auxiliar, que também vai estar em Munique.
Era curioso perguntar aos dirigentes benfiquistas o que acham desta nomeação, mas como a maioria já deve estar em férias, nada há a responder.
A Uefa calou os dirigentes encarnados que ainda têm na memória, não a má época da equipa, mas uma arbitragem menos conseguida do ponto de vista técnico.

A humildade ganha sempre

Roger Federer venceu o torneio de Madrid frente ao checo Tomas Berdych e assegurou o 2º lugar do Ranking em vésperas de mais um Roland Garros.
A vitória do suiço foi especial, porque o piso do torneio espanhol mudou de cor e foi alvo de criticas. A terra batida azul não teve a aceitação de Djokovic e Nadal que culparam o novo tapete pelas suas derrotas.
Ao invés, o campeão deste ano preferiu alinhar por outro discurso. Para Roger, para se ser campeão é necessário adaptar-se a qualquer piso, temperatura ou outra condicionante. Por tudo isto, aos 30 anos Federer ainda se mantêm no topo do ténis mundial, enquanto Nadal e Nole têm tiques de vedetas.
Roger foi o unico que conseguiu vencer a mudança.


domingo, 13 de maio de 2012

Rui Faria para a mudança de ciclo

O adjunto de Mourinho, Rui Faria pode muito bem vir a ser o treinador do Benfica na época 2013-2014. Os contactos que Vieira tem mantido não visam a próxima temporada, mas a outra. Independentemente do que conseguir Jesus na próxima temporada, o ciclo está a chegar ao fim. Dois titulos nacionais não serão suficientes para manter JJ no clube por mais anos, pelo que é de concluir que no final da próxima época haverá uma mudança de ciclo. Mudança essa que já está a ser preparada de forma inteligente pelo Presidente do Benfica. A próxima temporada também pode marcar o fim de Mourinho no Real. Seguindo Mou para outras paragens, é muito natural que Rui Faria queira começar a sua carreira a solo. Vieira quer salvaguardar para já um bom valor nacional. Não será uma aposta de risco, porque Faria "bebeu" do melhor treinador do Mundo. E além do mais, o Benfica necessita de iniciar um novo ciclo com um técnico jovem mas sabedor, que também faça da  relação com os jogadores a sua principal arma. E este é um dos problemas de Jesus. 
Para que não fuja para os rivais, Vieira já está a tratar do dossier Faria, até porque em 2013-2014 abrir-se-à um novo ciclo no Benfica, FCP e Sp.Braga.

Negócio Incrível

O Incrivel parece estar de partida para o Chelsea. A nova aventura de Hulk será no futebol inglês. Veremos como se adaptará a um futebol mais físico e com marcações mais cerradas. O confronto com defesas mais duros será um teste às reais capacidades de Hulk. E convêm dizer que o actual 12 azul e branco não terá muito espaço para grandes correrias.

a hora do Pastor

Pastor Maldonado venceu o GP de Barcelona e tornou-se assim no quinto vencedor em GP´s esta temporada. Foi o quinto vencedor em outras tantas provas, o que demonstra o equilíbrio neste ano. Isto numa época em que vão-se realizar 20 provas, estando assim em aberto a indefinição em relação ao vencedor até ao último segundo.
Maldonado venceu o primeiro gp da sua carreira, pelo que merece ser levado em ombros por Alonso(2ºclassificado) e Raikkonen. 
O espanhol regressou ao pódio e o Iceman consegue o seu segundo pódio consecutivo. Kimi voltou para andar nos lugares cimeiros, no entanto falta-lhe o regresso aos triunfos. Será no próximo?

campeões no ultimo segundo..

O Manchester City conquistou o seu terceiro titulo de campeão inglês.  No entanto, esta conquista só foi concretizada nos ultimos 5 minutos dos descontos do jogo contra o QPR.
Enquanto o rival United vencia o Sunderland por 1-0 e os londrinos ganhavam 1-2 ao City, nos ultimos cinco minutos dos descontos tudo mudou.
Os golos de Dzeko e Aguero já no ultimo minuto de desconto deram o campenato à equipa de Mancini.
Um final dramático no Etihad Stadium. No fim houve festa para os dois lados : o City foi campeão e o QPR mesmo perdendo conseguiu a permanência.

sábado, 12 de maio de 2012

da descida para a Europa - jornada 30

Caiu o pano do campeonato.
Com quase tudo decidido para a entrada da ultima jornada, faltava apenas saber quem acompanhava a União de Leiria na despromoção. Os candidatos eram a Académica que se deslocava a Guimarães e o Feirense que visitava o Gil Vicente.
O galo confirmou a boa época e venceu os fogaceiros por 3-1. A Briosa venceu dificilmente o Vitória local e garantiu permanência. Mas não só. Devido ao facto do Vitória de Guimarães e do Nacional não terem cumprido os requisitos para a inscrição na Uefa, no caso do Vitória e por razões económicas, situação do Nacional, a equipa da Académica vai regressar às competições da Europa. Isto porque, a derrota do Rio Ave com o FCP permitiu tal acontecimento. O acesso à 3ª pré-eliminatória está assegurado, mas se a briosa vencer a taça entrará directamente no playoff.
O dia termina em beleza para uma equipa que esteve no fio da despromoção.

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Benfica pesca na Holanda

Com o aproximar do fim de época, começam a surgir as primeiras movimentações no mercado. O Benfica é o primeiro a aparecer nas capas do jornais. Depois de ter perdido o título é necessário algumas mudanças no plantel.
Da Holanda surgem nomes como Ola John e De Jong. O primeiro vem substituir Gaitan que está com guia de marcha para Manchester. O segundo era uma boa opção para o ataque, mas no ataque há muitos jogadores e nenhum deles sairá para já. No entanto, o Benfica devia garantir já o holandes e metê-lo a rodar.
A lateral esquerda é outro dos pontos fracos que o Benfica vai ter de preencher, bem como arranjar substituto para Maxi.
Em ano de crise financeira e desportiva, dificilmente o clube encarnado conseguirá ir "pescar" ao Euro 2012. Sem sucesso, dificilmente se arranja estrelas.

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Taça para Falcão

O Atletico Madrid venceu a Liga Europa por 3-0 frente ao Bilbao.
Falcão ganhou novamente a taça, marcou dois golos e conseguiu pelo segundo ano consecutivo ser o melhor marcador da prova.
Depois de mais uma época fabulosa, Falcão vai de certeza entrar para um clube milionário e poder mostrar toda a sua artilharia na Champions.
Vitória também para Simeone que se estreia logo com uma vitória na Liga Europa.

domingo, 6 de maio de 2012

A vecchia Signora

Nove anos depois, a Vecchia Signora foi campeã de Itália. É o regresso da Juventus aos títulos depois de andar na Serie B e de uma reconstrução lenta e dificil após o escandâlo do Calciocaos. A equipa do mítico Del Piero voltou a intrometer-se no meio dos rivais de Milão.
É um saudoso regresso de um gigante italiano mas também europeu. 
Note-se o facto de após a saída de Mourinho, o Inter de Milão não mais voltou a ganhar qualquer título. Villas Boas está a caminho da Roma, pelo que é necessário encontrar alguém que faça renascer o Internazionale. Recorde-se que após AC Milan e Juventus se terem reerguido do Calciocaos, são estes dois clubes que voltaram a dominar o calcio.

Regresso do Estoril

7 anos depois, o Estoril Praia está de regresso à 1ª divisão. Após uma longa travessia pelo segundo escalão, os canarinhos estão de volta ao convívio dos grandes e agora com melhores condições para fazerem um campeonato tranquilo. A equipa da Linha não vai ter que sobreviver à sombra do Belenenses. Depois de Benfica e Sporting, o Estoril vai ser o terceiro clube da zona de Lisboa na Primeira Divisão. Há que aproveitar essa facto...

A melhor onda é da Nazaré

Garret Mcnamara ganhou o Prémio de Maior Onda Surfada no Billabong XXI Big Wave Awards. A onda de 30 metros que popularizou o Norte-americano foi eleita a melhor de entre outras ondas de grande dimensão.
Este prémio é a confirmação que os desportos de mar estão em alta no nosso país. Há que aproveitar a onda da Nazaré para trazer mais investimentos no turismo..........
Quanto ao desporto, depois da realização do RIP CURL PRO SEARCH, vem aí de certeza o campeonato do Mundo de grandes ondas.
Fica o registo deste prémio.

sábado, 5 de maio de 2012

A penúltima

Hoje tem lugar a penúltima jornada do campeonato.
O 3º lugar e a luta pela manutenção ainda está em aberto, mas o grande apetite é o FCP-Sporting. Sá Pinto e a equipa leonina têm de vencer para arrumar a discussão do terceiro lugar em casa frente ao SP.Braga, tal como aconteceu a época passada.
Em Coimbra e na Feira luta-se por uma manutenção desigual pelo caso da União de Leiria. 
Espera-se goleada na Luz, mas já não terá outro sabor. 
No entanto, este final de época vai ficar marcado pelo alargamento e pela questão da União. Pode ser o principio do fechar de portas de muitos clubes....

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Até 2014


A renovação de Paulo Bento até 2014 é uma má notícia. Muito provavelmente, a campanha no euro 2012 vai ser desastrosa, pelo que o actual seleccionador estará em posição fragilizada. No entanto, este sinal de confiança pode ser o apontar a um projecto longo que Paulo Bento já tem vindo a iniciar. 
Os problemas da selecção não passam só pelo Seleccionador mas por garantir uma estrutura que permita a qualquer treinador não ter os problemas que PB tem neste momento. Não há GR, laterais, pontas de lança e o meio campo é de qualidade dúbia. Só mesmo CR7, Nani e Quaresma garantem golos, e os centrais são seguros, mas é pouco para uma selecção que já esteve numa final e meia final consecutivamente. Desde 2008, que a qualidade dos jogadores decaiu e Ronaldo sozinho não resolve.
Nunca fui fâ de PB, mas reconheço que ele tem feito um bom trabalho tendo em conta as limitações, mas mesmo assim acho que há quem consiga obter melhores resultados.

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Mou...Sempre Mou!

E já está. O Real foi campeão e Mourinho conquistou mais um titulo. O seu quarto campeonato nacional

terça-feira, 1 de maio de 2012

Mr Hodgson

Roy Hodgson é a partir de hoje e durante os próximos quatro anos seleccionador de Inglaterra. Depois da experiência Capello, os ingleses voltam a ter um seleccionador inglês. Após a experiência Mclaren, a Federação aposta na prata da casa. No entanto, este treinador sempre andou por clubes de pouca dimensão, não tendo qualquer experiência em grandes equipas.
A escolha da FA é portanto, de risco. Contudo, é preciso não esquecer que as anteriores lideranças estrangeiras também não resultaram. Eriksson e Capello não conseguiram chegar lá. Ao tão desejado título que desde 1966 escapa aos ingleses.
Porque o problema da selecção inglesa é sobretudo de jogadores e de um fio de jogo tipicamente inglês. Nas grandes equipas da Premier League ( à excepção do Tottenham..), os treinadores são estrangeiros e pior, a maior parte dos jogadores que integram essas equipas também não nasceram na Ilha. Há muito para trabalhar, para que a Selecção volte a meter as mãos num troféu.

City vai pegar a taça

Vincent Kompany deu o titulo ao City. Ainda faltam dois jogos mas a equipa de Mancini tem agora dois jogos para vencer e ser campeão quase 50 anos depois do ultimo triunfo. Num campeonato em que esteve a liderar, mas depois de se ter deixado ultrapassar pelo United, os citizens conseguiram no jogo decisivo a vitória. 
O mais dificil está conseguido, mas agora à tarefas duras de enfrentar : consolidar a equipa como um grande do futebol inglês (veja-se o caso do Chelsea...) e a partir de agora disputar todas as competições em que estiver envolvido, nomeadamente a Champions. E como o dinheiro não dura para sempre, há que começar a apostar em jogadores da formação para que o clube seja também ele um exportador de jogadores e com isso consiga fazer os seus milhões.

fotografia para a história

Esta foi uma imagem de uma história que correu o mundo desportivo. A União de Leiria jogou com 8 jogadores frente ao Feirense na jornada 28 do campeonato. A vitória dos fogaceiros permitiu a estes ultrapassar a Académica na luta pela manutenção. Os conimbrecenses não vão ter a oportunidade de defrontar o Uniao reduzido a oito logo desde o inicio.
Dos quatro que estão na fotografia pertencem ao Benfica : Oblak, Djaniny, Barkroth e Schaffer, pelo que a situação dos salários não se colocava em causa porque é o clube da Luz que paga a estes atletas.
Dois são juniores que se estrearam no campeonato principal e haviam jogado um dia antes contra o Benfica. No fundo, destes 8 apenas 2 são jogadores do plantel principal. Alfatih mudou de atitude à ultima de hora e John Ogu chegou de Táxi (...) ao Estádio. 
Pelo meio, o jogador Keita equipou-se mas deu meia volta e foi-se embora. Infelizmente não se poderia contratar nenhum espectador que quisesse ter um momento histórico e dar uns pontapés na bola durante 90 minutos. 
Este é o estado a que o futebol português chegou. Para quem quer o alargamento, o caso da União é sintomático. O problema é que não é o único, e situações destas não acontecem mais vezes porque alguns dirigentes não deixam que o sindicato interfira na gestão dos clubes.
Abriu-se uma caixa de pandora, mas pode-se ter criado aqui um motivo para o alargamento tão desejado pela maioria dos clubes que atravessam dificuldades financeiras.


Jesus e o FCP

A novela em torno da continuidade de Jesus à frente do Benfica parece ser um dos pontos de interesse do Verão, antes do Euro 2012. 
A julgar pelas notícias e os comentários de pessoas ligadas ao clube encarnado, Jesus não estará em condições de continuar à frente do Benfica. Não tem as condições nem terá a motivação para uma quarta temporada. No entanto, as declarações de Manuel Sérgio criam um mau estar na estrutura benfiquista e deixam o técnico embaraçado, pelo que não tem outro caminho que sair.
Não que Vitor Pereira vá ser despedido, mas o actual treinador campeão não é amado no Dragão, pelo que uma má época ditará a sua saída e ainda por cima o contrato acaba para o ano. Enquanto isso, Jesus fica um ano sabático à espera do tão ansioso convite.
É que o Benfica só não foi mesmo campeão por causa de JJ e o FCP com VP nunca será uma equipa de encher o olho. 
Isto apenas no campo da especulação, mas perante o olhar esguio e as mãos nos bolsos após o empate em Vila do Conde, Jesus e o Benfica têm mesmo de seguir vidas diferentes.