sexta-feira, 30 de março de 2012

Noite de decisões

Amanhâ é um dia muito importante, no que a decisões do campeonato diz respeito: Os três primeiros jogam, sendo que o 1º classificado e o terceiro jogam entre si.

Benfica e Sp.Braga têm uma vantagem. Entram na Luz, já sabendo o resultado do FC Porto, o que lhes permitirá gerir o próprio jogo, embora as duas equipas joguem para ganhar. Só que em caso de perda de pontos dos azuis, Braga pode resolver o campeonato em casa com o FCP se não perder na Luz. Quanto ao Benfica pode "esperar" um milagre até ao final do campeonato.


O jogo do FCP é importante, porque o clube não tem se dado bem nos jogos em casa e de Olhão vem uma equipa moralizada pelo empate com o Benfica.


Quanto ao desafio da Luz, será decisivo para o Benfica e interessante para o Braga. A pressão está toda para a equipa de Jesus que tem aqui uma oportunidade unica de dar uma sapatada na crise, até porque é o unico que já não depende de si.


City pega Mourinho



A ser verdade esta notícia, temos a certeza de um liga inglesa competitiva para o próxima época. É uma realidade que José deixou saudades em terras de Sua Majestade, até porque em Espanha as coisas parecem não estar a correr muito bem.

O Special One está de volta!

quinta-feira, 29 de março de 2012

Ath Bilbao



O Sporting venceu o Metalist por 2-0 e está quase nas meias-finais da Liga Europa. Um ano depois, a equipa leonina é a quarta equipa portuguesa a conseguir alcançar esta fase nesta prova. É um feito que deixa qualquer português de orgulho e que faz com que a qualidade técnica dos treinadores portugueses seja reconhecida lá por fora. Em dois anos, quatro treinadores portugueses chegaram às meias da Liga Europa. Isto, sem esquecer Mourinho, mas o Special One é um caso à parte. Com este trabalho, os grandes clubes europeus virão a Portugal não só abastecer de jogadores mas também de técnicos.


Se conseguir passar na Ucrânia, o Sporting vai encontrar um Ath Bilbao que venceu a primeira mão em Gelsenkirchen o Schalke 04 por 2-3. A equipa orientada por Bielsa já havia eliminado o United vencendo os dois jogos.

Para vencer a equipa de Bilbao, o Sporting vai ter que se aplicar a fundo e dar o máximo, porque o Athletic promete fazer tudo para chegar à final. O Sporting é a unica equipa que pode evitar uma final da Liga Europa totalmente espanhola. É que pelo andar da carruagem, a final da Champions pode ser também jogada em castelhano.



As teimosias de Jesus

Jorge Jesus tem uma inegável qualidade técnica. As suas equipas apresentam um futebol agradável e vistoso. No entanto, a arrogância do técnico não se revela apenas nas suas palavras. É principalmente no terreno de jogo que Jesus erra.

Se este ano, Emerson é a teimosia de Jesus, convêm não esquecer a época passada em que, apesar dos frangos de Roberto, JJ manteve sempre uma confiança inabalavél no Guarda-Redes do Saragoça.

Não se trata só de questões relacionadas com a qualidade do jogador, mas sobretudo com a pressão e "tarimba" para vestir a camisola encarnada. Até porque Roberto no Saragoça não está a comprometer.

Já se fala que Emerson pode sair da equipa na próxima época e no entanto, Capdevilla mantêm-se.

Penso que Jesus não consegue descortinar se um jogador consegue "jogar" à Benfica. Ou se o consegue, a sua teimosia é que esse futebolista consiga superar a pressão. Infelizmente, nem todos lidam com a pressão da mesma forma, daí que acho que Jesus poderia ter lançado Luis Martins aos poucos, porque os mais novos têm mais garra e vontade do que um jogador já feito e com 34 anos.

Se o treinador do Benfica arriscou com Coentrão, porque não faz o mesmo com o miudo?

quarta-feira, 28 de março de 2012

Rali de Portugal

O Rali de Portugal inicia-se esta Quinta-Feira. Aconselha-se a todos os espectadores e não só, que mantenham uma distância de segurança mínima para não haver problemas de maior.

É que no nosso país estão os melhores aceleras da actualidade e não estão preocupados com qualquer animal que lhes apareça à frente.


Aimar Sent OFF

Dois jogos de suspensão para o 10 do Benfica. Aimar falha assim os jogos decisivos contra Sp.Braga e Sporting. Coincidência?

Emerson



Há muito que Emerson vem sendo um mal amado na Luz. Adeptos e jornalistas fazem do defesa-esquerdo o elo mais fraco desta equipa do Benfica. Não sei se é por alguma razão especial ou capricho. A verdade é que o Benfica não tem melhor. Capdevilla é um excelente jogador mas já não tem a capacidade de outros tempos e Luis Martins ainda está em formação. No entanto, não sei até que ponto o facto do miudo jogar poderia ir evoluindo.

Emerson não é um prodígio a atacar, como fôra Coentrão e como faz Maxi do lado direito, mas o Benfica não necessita de dois laterais que sejam peritos a atacar. Veja-se o FCP onde apenas Alvaro Pereira consegue desequilibrar ofensivamente.

O lateral do Benfica, garante assim estabilidade defensiva quando a equipa ataca. Por isso, percebo a opção de Jesus. Ontem, o problema foi a falta de ritmo de Jardel em ter parado Torres, mas a própria equipa já está cansada psicologicamente. Sem forças.

terça-feira, 27 de março de 2012

Quem não marca...

sofre.



Foi o que aconteceu no Estádio da Luz. O Benfica a jogar e a atacar com critério e definição e um Chelsea "à italiana". Saiu por cima a equipa de Di Matteo, também por culpa de um erro grosseiro de arbitragem.




No entanto, nota-se um abaixamento de forma e qualidade no jogo encarnado. As triangulações já não saem com tanta precisão e existem jogadores cansados. É importante questionar o porquê de isto acontecer nesta fase da época. É que isto não é virgem. Já durante a época passada a nota artistica caiu a pique. A forma como o Benfica imprimiu velocidade no primeiro terço da temporada teve um preço a pagar. E isso preço é a quebra física que depois leva à quebra psicológica de toda a equipa.




Pior é que a equipa vai enfrentar Braga, Chelsea e Sporting numa semana. E perante esta situação, dificilmente o futebol fantástico irá ter resultados. Tal como na época passada, apenas a taça da liga vai para as vitrinas do museu.


É preciso questionar ainda porque razão a equipa continua a sofrer tantos golos. Desta não houve golos a favor que tapassem esta lacuna.

A Maldição de Ranieri


Sai Ranieri, entra Mourinho.

Foi assim que começou o percurso internacional de Mourinho. No Chelsea e após substituir Claudio Ranieri à frente dos blues.

A maldição deste treinador italiano continua. Previsivelmente o Inter será o novo clube de Villas Boas.

Embora os resultados sejam diferentes, Mou e André são quase irmãos gémeos, devido ao seu percurso.


Pena que não iremos assistir a um duelo Villas Boas - Mourinho na Liga espanhola. Talvez a Premier League o mesmo o futebol português seja o destino dos dois. Contudo, ainda falta a Villas Boas confirmar os trofeus conquistados a época passada.

Prioridades

O Benfica joga hoje os quartos-de-final da Liga dos Campeões, feito alcançado apenas por Koeman quando defrontou o poderoso Barcelona. O adversário de hoje é o Chelsea que recentemente despediu Villas-Boas.

Não sendo a melhor das equipas inglesas, os blues continuam a ser perigosos e uma equipa com qualidade. Lampard e Mata são os expoentes, tendo Drogba como alguém que pode marcar a qualquer momento.

Este é um momento importante para o Benfica em termos europeus. Recorde-se que daqui a 2 anos, a final desta prova será no Estádio da Luz, pelo que era importante a equipa encarnada retomar os triunfos europeus. No ano passado, a meia-final da Liga Europa soube a pouco, mas uma meia-final da Champions é outra coisa, e ainda por cima se cair aos pés do Barcelona.


A sorte do Benfica é que o campeonato ainda está em aberto, mas no próximo Sábado há novo teste e com o lider do campeonato. É notório que Jesus aposta tudo na Champions, à semelhança do que aconteceu a temporada transacta em que desistiu do campeonato e lutou apenas para a Liga Europa. No fim, ficou sem nada.


Sabendo de antemão que o Benfica não tem de ganhar a Champions, pelo menos este ano, é preciso estabelecer prioridades.


segunda-feira, 26 de março de 2012

Novo lider

E o Braga com a 13ªvitória consecutiva conseguiu alcançar a lidernça. A pré-eliminatória da Champions está garantida, o que é um facto histórico pois nunca ficou em terceiro lugar. Em dois anos, a equipa bracarense consegue o apuramento para a Champions. O campeonato do Braga está feito, mas convêm começar a contar com mais um grande na discussão dos grandes titulos. Vai haver menos titulos para os clássicos três.

Cartão Vermelho



Aproxima-se o final da temporada e com três candidatos ao titulo, a polémica em torno da arbitragem aumenta. É normal BENFICA e FC PORTO queixarem-se. O que não é compreensível é que o Sporting venha agora meter-se ao barulho. Neste episódio apenas o Sporting de Braga sai incólume.


É triste as noticias dando conta da dispensa de alguns árbitros, de ameaças aos próprios e a familiares bem como da protecção que estes vão ter após os jogos e até depois do campeonato. Não seria inteligente poupar alguns impostos devido ao mau perder?


Ora, tudo isto começou com a divulgação de dados pessoais na Internet. Não sabemos qual será o fim disto tudo, mas o meio também já estamos a conhecer.


Esta situação só vai adulterar os resultados até final da época, seja qual o objectivo em que os clubes estejam inseridos. A simples entrada em campo será feita logo com um pressão enorme, devido ao ruído que clubes, internautas, comunicação social tem feito em relação a isto tudo. Nunca nos ultimos anos tivemos uma liga tão disputada, em que as várias frentes estarão em aberto até à ultima jornada.


Nos próximos tempos iremos assistir a um autêntico chorrilho de críticas em relação aos árbitros. É preciso um cartão vermelho a tudo isto, que estraga a beleza da competição que se tem vivido dentro de campo.


O ano de Godinho Lopes

Um ano depois da cena que elegeu Godinho Lopes como Presidente do Sporting, a instabilidade parece ter voltado a Alvalade. Bruno Carvalho, ex-candidato, comemora este primeiro ano com uma conferência de imprensa para arrasar o actual lider leonino.

O projecto desportivo falhou na sua plenitude, não sendo de todo compreensível como se manda embora Domingos e se mantêm Freitas e Duque na estrutura leonina. Apostar em caras do passado, mesmo que ganhadoras; não garante um futuro risonho.

Se é verdade que o ex-técnico leonino deixou uma má classificação, ainda se poderia dizer que a equipa jogava bem a espaços. Com Sá Pinto, nem isso se podem gabar os leões e o quinto lugar poderá ser uma inevitabilidade.

No entanto, o actual Presidente vai na mesma linha de raciocinio dos seus homólogos da Segunda circular e aponta o dedo aos árbitros. Então se foram os árbitros para quê despedir Domingos?


Dinheiro nem vê-lo e o actual técnico leonino terá que gastar alguns euros para a próxima época, que se espera de nova razia no balneário. Outros pontos importantes no universo leonino. A questão financeira e as modalidades. Sendo o Sporting um habitue das ditas amadoras, é confrangedor ver a decadência destas...para quando um pavilhão?


O inicio da próxima época será importante para o futuro de Godinho à frente do Sporting. A contestação já começou e ainda há taças para ganhar. Mas nem isso vale para esta direcção.



Quem erra mais?

É sabido que tanto FCP como Benfica, apesar de ocuparem dois dos três primeiros lugares, não conseguiram ganhar uma vantagem que lhes permite encarar os jogos com confiança e mais importante, que sejam capazes de consolidar a liderança por muitos pontos de diferença.


Os encarnados já tiveram uma vantagem de 5 pontos e na altura, tudo parecia encaminhado para que o titulo fosse uma realidade, uma vez ultrapassado o obstáculo FCP. Mas a verdade, é que a equipa de Jesus tem vindo a entrar mal nos jogos e permitir vantagem ao adversário. A questão que se coloca é saber se esta inacção vem do próprio treinador ou serão os jogadores, os responsáveis por esta situação.


Já em relação ao FCP, sabendo que a equipa não está a jogar o mesmo do ano passado, o factor psicológico é importante. O FCP recuperou 5 pontos de desvantagem em relação ao Benfica e agora está com mais um ponto. Mesmo assim, a equipa de Vitor Pereira não consegue descolar em termos exibicionais e de resultados. Desde a vitória na Luz que os dragões já perderam 4 pontos, o suficiente para colocar em causa a sua segurança no meio campo. Um grande trunfo dos dragões.


Com tantos erros de uma e outra parte, o Sp.Braga é aquele que se tem mantido mais certinho. Enquanto que FCP e SLB perdem pontos, os guerreiros do Minho já levam 12 vitórias consecutivas e hoje pode ser a 13ª.


Perante a situação, é caso para dizer que na Luz já ninguém pode com Jesus e Vitor Pereira foi um autêntico tiro no escuro.

domingo, 25 de março de 2012

Melgarejo ajuda Braga... - jornada 24

Afinal não é desta que o campeonato vai ficar decidido....

Com os empates de FCP e Benfica, é o Braga que pode ascender à liderança já nesta jornada, o que deixa os bracarenses dependentes apenas de si, mesmo com uma derrota na Luz, porque o Benfica ainda vai a Alvalade.

Perante os resultados do Fim-de-semana há duas certezas : Jesus quer gerir o campeonato e a Liga dos Campeões, pelo que vai ser dificil manter o bom ritmo nas duas provas. Já FCP e o seu treinador têm muitos problemas, desde logo um meio campo cansado e o ataque que depende muito das explosões de James e Hulk, já que Janko é uma autentica nulidade.


Na parte de baixo da tabela, o Setubal conseguiu vencer e dar uma margem importante rumo à manutenção : o efeito José Mota resultou em pleno.



Vitória para Alonso





Fernando Alonso venceu o GP da Malásia e alcançou a liderança do Mundial, beneficiando das desistências de Vettel e Button que haviam conquistado as duas primeiras posições na Austrália.


Sergio Perez e Hamilton conseguiram segundo e terceiro resultado. De referir a sexta posição de Bruno Senna.

sábado, 24 de março de 2012

Para onde olha Domingos?





Para o Porto ou para Lisboa? Com as constantes alternâncias de exibições e resultados de Benfica e FC Porto, o ex treinador do Leonino tem que esperar o resto da época para saber onde vai treinar na próxima temporada.


Pode até acontecer que nem Benfica ou FC Porto sejam campeões e então Paciência terá que escolher entre o clube do coração ou uma equipa cheia de estrelas.

Já não há espaço...

Para Jesus continuar à frente do Benfica. Se ganhar o campeonato, será por mero acaso e com um ou dois pontos sobre o primeiro classificado. Se não vencer, e como fica apenas com a taça da liga, o técnico do Benfica fica sem espaço de manobra.
As exibições não acontecem por acaso e já o ano passado aconteceu a mesma coisa. Foi no fim que a equipa perdeu elan e a nota artistica só funcionava de quando em vez. Pior mesmo é Jesus pensar no próximo jogo do que naquele que está a decorrer. Se Jesus acha que vai vencer a Champions tudo bem, mas o campeonato é sempre prioritário para qualquer clube no Mundo.
Com uma oportunidade de ouro para colocar o FCP numa posição de pressão e ainda por cima, numa visita dificil a Paços, Jesus acaba de motivar os jogadores portistas para a Mata Real.


Jesus tem este condão de falar antes do tempo e depois mostrar a sua arrogância dentro de campo. Não é ele que perde, porque estamos perante um bom treinador. O Benfica é que vai perdendo a oportunidade de conquistar titulos e de se superiorizar ao seu rival.

sexta-feira, 23 de março de 2012

2 pontos para o mar

Quando o Benfica está perto de conseguir algo, Jesus inventa e tudo se perde. Com Aimar no banco e a pensar no jogo com o Chelsea, o Benfica empatou em Olhão e deixou dois pontos. Infelizmente com Jesus o Benfica é assim. Entra em campo a pensar no próximo jogo, porque o que se joga já está ganho. E depois no fim não se ganha nada a não ser a Taça da Liga.

Já aconteceu assim na época passada, e este ano voltam os mesmos erros.

É bom que a direcção do Benfica pense bem naquilo que Jesus está a fazer ao Benfica. Não está interessado em ganhar nada, mas sim em ir o mais longe possível. Ficam as vitórias morais, nada mais!

O chefe dos galos

Paulo Alves é um daqueles técnicos que calha muito bem a uma equipa pequena. Em apenas dois anos subiu o Gil Vicente, venceu FCP, Sporting duas vezes e eliminou o Braga na meia-final da Taça da Liga e garantindo o passaporte para a final em Coimbra.
Apesar dos inumeros sucessos, a permanência não está assegurada mas esse não deve ser um objectivo complicado.


O técnico gilista promete uma carreira de sucesso e em breve a chegada a um grande deve ser uma realidade. O Guimarães era uma boa opção, caso o clube minhoto resolva primeiro os seus problemas internos. Em Barcelos mora uma equipa jovem, ambiciosa e com muita qualidade individual como por exemplo Hugo Vieira e Rodrigo Galo. O facto de ter um estádio à sua medida e não entrar em loucuras financeiras também ajuda à estabilidade.

Dificil teste

O Benfica tem esta noite talvez o teste mais dificil na corrida pelo titulo. Apesar de ainda jogar contra Braga e Sporting é em Olhão que tudo se vai decidir para o campeonato, porque como assistimos a equipa consegue separar as várias competições em que está inserido.

Este jogo tem um cariz muito importante, até pelo pouco tempo de recuperação que houve desde o jogo com o FCP e certamente pelo facto de alguns jogadores estarem com o pensamento no desafio de Terça.

Por isso, é preciso equilibrar estes dois factores. E ainda há um terceiro : Sérgio Conceição é "dragão" e vai com certeza querer ajudar o seu clube do coração, embora esteja convencido que o FCP não passa em Paços de Ferreira.


A boa para o Benfica é que Cardozo e Gaitan não jogaram o tempo todo na Terça e podem hoje partir para uma grande exibição individual e colectiva.


O Galo e o frango



Em vez de colocar o logotipo do Gil Vicente, pensei em meter uma fotografia de Quim, guarda-redes do Braga. É porque, o actual dono da baliza bracarense, de vez em quando tem estas tiradas que podem custar pontos ou mesmo momentos históricos. Foi assim quando o Benfica foi campeão há duas épocas frente ao Rio Ave. Ontem, Quim voltou a dar um frango. Depois nos penalties a sorte sorriu ao galo......


O Sp.Braga perdeu uma boa oportunidade de alcançar a segunda final em dois anos, mas vai ter que esperar mais uma época para tentar conquistar o troféu, no entanto, continua na luta pelo titulo a menos que Quim não queira. Com a vitória de ontem, o Gil alcançou a sua primeira final de sempre e o Benfica tem quase assegurado mais uma taça da liga e mais um troféu para as suas galerias. Era preferível o Braga porque dava mais luta, mas sendo o Gil a equipa até pode relaxar um pouco tendo em conta as várias competições que ainda está envolvido.


quinta-feira, 22 de março de 2012

Mourinho tem um pé fora

Não se trata de nenhuma especulação jornalística nem de alguma informação "off", mas apenas de uma previsão.

Depois do sucedido ontem no jogo com o Villareal, temo bem que Mourinho deixe o Real no fim da época, mesmo que ganhe o campeonato e a Champions.

Tendo ou não razão, o que se tem passado em alguns jogos do Madrid é caso para Mou agastado e largar tudo para voltar ao seu querido futebol inglês, onde sempre foi amado quer por adeptos da casa quer por apoiantes rivais.

Aliás, Mou nunca escondeu que amava Inglaterra.

O futebol espanhol e o feitio dos jogadores e técnicos castelhanos não se adequam ao fair-play de Mourinho. Também o jogo não tem aquela intensidade e incerteza no resultado que a Premier League tem, até porque nos ultimos anos só Real e Barça têm andado na frente.

O "Special One" está farto e em Espanha ele não é rei nem senhor de todas as atenções. Sabendo que em Inglaterra é desejado e amado, mesmo que triunfe no Real o seu destino é mesmo terras de Sua Majestade.

Real em queda

Em duas semanas, o Real Madrid perdeu quatro pontos para o Barcelona e está apenas com 6 de vantagem sobre os tricampeões espanhois. O título era uma realidade para a equipa de CR7,Pepe, Carvalho e Mourinho há quase um mês, mas de repente tudo mudou.

Os blaugrana estão apenas a 6 pontos e ainda há uma deslocação do Real a Barcelona.

Convêm lembrar que os merengues ainda terão de ir a Bilbao.....

Neste momento, a Liga Espanhola está de novo ao rubro com as duas principais equipas a lutarem pelo titulo e ainda com jogos da Champions pelo meio....

O Real Madrid atravessa o seu pior momento da época, será por causa dos boatos que dão conta de falta de comunicação entre José e Iker?

quarta-feira, 21 de março de 2012

Messi x 234

Lionel Messi, tornou-se ontem no melhor marcador de sempre da história do Barcelona com 234 golos no total. A Pulga, fica assim na história do clube Blaugrana para sempre, porque dificilmente o futebol táctico e competitivo que se joga hoje deixará que alguém faça tantos golos em tão pouco tempo..... Só mesmo um predestinado, e ainda por cima não sendo Messi um Ponta-de-lança puro.


A história de Leo não vai ficar por aqui, pelo que este recorde vai ser aumentado de forma a nunca poder ser batido.


Será que CR7 conseguirá o mesmo no Real?

A Vingança serve-se fria.

Finalmente uma excelente exibição do Benfica, quer a nível ofensivo mas também defensivo. O jogo de ontem vem provar as debilidades do FC Porto. O próprio Vitor Pereira, afirmou que "Lucho já não aguentava mais". Este vai ser um dos problemas do FC Porto neste final de época, e o jogo de ontem foi apenas o começo.

Jesus aprendeu com os erros e blindou o meio campo portista, partindo daí para o ataque e jogando mais nos flancos.

Benfica vingou-se da derrota do campeonato mas este foi apenas mais um passo. Sexta Feira há um jogo complicado em Olhão.

terça-feira, 20 de março de 2012

Árbitros indesejados

A moda pegou no futebol português e parece que não tem fim.

Depois de LFV pedir educadamente a Pedro Proença que não arbitre mais nenhum jogo do Benfica, agora é Godinho Lopes a querer a irradicação de Bruno Paixão do futebol. Não só dos jogos do Sporting, mas de todo e qualquer jogo que se pratique em Portugal, seja ele profissional ou amador.

Se a moda pega, qualquer dia não temos árbitros nos campos de futebol e terão de ser os espectadores a exercer a função do homem do apito.

É estranho que nenhnum dirigente tenha pedido que só o árbitro "x" ou "y" apite jogos do clube "A" ou "B", mas com tanto pedido para não apitar, qualquer dia só restam dois ou três árbitros. A não ser, que esta seja uma forma de ir eliminando os indesejáveis para ficar com o desejado.

No meio destas palavras de Benfica e Sporting, é estranho que Pinto da Costa ainda não tenha feito nenhum pedido especial.

Dia de Clássico

Hoje joga-se o quarto episódio de uma saga que teve inicio no passado. Qualquer Benfica-Porto no Estádio da Luz tem sido decisivo.

Os dois jogos do ano passado e o deste ano trouxeram definições importantes nas competições.

O jogo de hoje é mais um. Quem ganhar passa à final da Taça da Liga que se joga em Coimbra e quem ficar pelo caminho fica sem possibilidade de conquistar uma prova.

Tendo em conta o que se passou na Luz há 15 dias, é o Benfica que entra pressionado embora o FCP vá fazer uma gestão da equipa, porque a prioridade chama-se campeonato, mesmo assim Hulk e James vão entrar em campo de inicio.


A grande questão é saber como entra o Benfica em campo depois do sucedido no jogo para o campeonato. Uma quarta derrota consecutiva em casa perante o grande rival será dificil de gerir para os adeptos encarnados.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Grande Galo!



Luz, Coimbra, Braga, Madeira, Setubal e agora Barcelos!

Seis jogos consecutivos sem conseguir ganhar nem empatar desde o jogo da Luz...

Depois da vitória em Manchester, o Sporting volta à realidade : Sá Pinto ainda é um projecto de treinador e com poucas ideias tácticas e aquela equipa do Sporting mete dó ver a jogar.

No Verão, metade do plantel vai ser despedido, com principal ênfase na defesa.

Um cheque Luis Duque?

A pressão, segundo Pinto da Costa


Para afirmar que o árbitro não marcou um penalti flagrante contra os encarnados......

Do golo fora-de-jogo nada....

Não é inocente esta afirmação do Presidente do FCP, porque é proferida horas depois de ser conhecido o árbitro para o encontro de amanhâ. Ora, se o FCP joga sem Fernando e alguns dos seus habituais titulares, será que esta é uma forma de tentar ganhar antecipadamente o jogo?

Pinto da Costa teve quase duas semanas calado depois do clássico da Luz.

É certo que amanhã haverá mais escândalo.

Fim da linha para uma

Amanhâ o clássico para a Taça da Liga vai deixar uma equipa fora de um objectivo, visto que o Benfica não vai vencer a Champions e nenhum dos conjuntos está na final da Taça de Portugal. Depois do jogo do campeonato, o confronto de amanhâ é muito decisivo. Não só em termos de resultado mas sobretudo em questões animicas. A Taça da Liga é secundária, mas perder a competição para o rival não é admissível. Em nenhum dos casos.


É que no próximo fim de semana, as duas equipas vão ter testes bem durinhos fora de portas e uma vitória amanhâ pode trazer uma motivação extra. Chegar a Coimbra é o objectivo mas o principal é sem duvida o campeonato que continua em aberto. Veremos como se vai apresentar o Benfica já que em poucos dias tem deslocação a Olhão e recepção ao Chelsea. Da parte do FC Porto, se se cumprirem as ordens de Pinto da Costa, a equipa que vai jogar será secundária, menos o meio campoe que apenas tem 3 soluções.


Com equipa A ou B, a grande questão é saber se Jesus vai entrar outra vez a medo no seu próprio Estadio....


Roger is back!

Roger Federer venceu o torneio de Indian Wells pela quarta vez. O adversário, John Isner, que havia eliminado Djokovic nas meias não conseguiu se impor perante o ex-numero 1 Mundial.

Este é o terceiro titulo do ano para Federer depois de Roterdão e Dubai. Ontem conquistou o 73º título da sua carreira.

Se tivermos em linha de conta as ultimas semanas podemos afirmar que Roger está em grande em forma ao contrário de Djokovic e Nadal.

Depois dos torneios americanos, vem a temporada de terra batida que culmina com o grand Slam de Roland Garros. Poderemos estar a assistir ao renascer do campeão.


domingo, 18 de março de 2012

O trio vence e convence - jornada 23

A 23ª Jornada não trouxe nada de novo em relação à luta pelo titulo. FC Porto, Benfica e Braga venceram facilmente os seus jogos e mantiveram a distância. Estes serão muito provavelmente os três primeiros do campeonato e a luta de há dois anos é a mesma, mas agora com posições diferentes. Pelo menos por agora.

Está a aproximar-se as duas jornadas que poderão ditar muito deste campeonato. A 24ª e a 25ª. Se o Sporting estivesse envolvido na luta pelo titulo seria mais interessante, mas os leões podem de facto ter uma palavra a dizer nesta luta a três. Na próxima jornada FC Porto e Benfica têm deslocações dificeis, enquanto Braga recebe a Académica, pelo que o Braga pode aproveitar para saltar para o primeiro lugar.


Na luta pela descida Leiria e Setubal ganharam pontos a Feirense, Beira-Mar e Rio Ave, pelo que esta vai ser uma luta titânica até ao fim. Académica e Paços de Ferreira ainda lutam pela sobrevivência. Resta saber o que fará o Gil Vicente amanhâ frente ao Sporting, mas perante estes resultado os gilistas têm bons motivos para correr mais.


Sem duvida que a luta pela sobrevivência vai ter influência na decisão do titulo. O Maritimo empatou e pode perder andamento em relação ao quarto lugar, mas o Sporting do campeonato não é o mesmo que anda a fazer excelente figura na Liga Europa.


Mclaren entra a ganhar



A Mclaren parece prometer um grande ano desportivo. Depois de garantir a dobradinha na qualificação, a equipa inglesa conseguiu dois lugares no pódio logo na estreia.

Button venceu e Hamilton ficou em terceiro lugar. Vettel ficou no meio dos dois.

Em quarto e quinto ficaram Webber e Alonso.

Este ano parece que vamos ter uma luta entre Mclaren e Red Bull com a Ferrari ainda sem se encontrar. Massa não tem qualidade para guiar o monolugar e Alonos parece ter perdido a motivação para andar a lutar no meio da tabela.

Para já, boa entrada da Mclaren.

A Malásia confirmará o novo estatuto....

Nole está em baixo

Djokovic foi a grande estrela do ano passado no circuito ATP. Para além de ter conquistado a liderança do ranking venceu três grand slams, o que é obra.

Este ano as coisas não estão a correr bem. Apesar da vitória no Open da Austrália, a derrota em Indian Wells aos pés de John Isner é preocupante.

Antes de Roland Garros vêem aí grandes torneios nos EUA mas também na Europa em terra batida. Este período será um bom indicador para saber como está a confiança e se Nole consegue aguentar a pressão de ser numero 1 Mundial.


sábado, 17 de março de 2012

A Guerra de interesses

A questão do alargamento e as suas condições está a gerar uma autêntica guerra no futebol português que parece ir além do fim do campeonato. Se as actuais competições vão seguir o seu rumo normal, a próxima época corre o risco de iniciar coxa ou mesmo fora de horas.

Depois da direcção da FPF ter chumbado, as decisões proferidas em AG da Liga, eis que Oito clubes de menor dimensão ameaçam parar com os campeonatos pelas decisões da Liga não terem sido respeitadas pela FPF.


Estamos sem duvida perante uma guerra de David e Golias. Primeiro foram os clubes grandes a abandonarem as equipas B como forma de protesto pela decisão de Mário Figueiredo. Agora é a decisão da FPF que causa indignação nos mais pequenos.


Pela primeira vez em muitos anos temos uma Liga dividia fora do campo. Ao fim de muitos "jogos", os pequenos clubes revoltaram-se contra os grandes clubes e os interesses instalados. Ora, os grandes querem continuar a mandar e por isso não aceitam a "democracia" dentro do futebol. A grande questão é que Mário Figueiredo foi eleito contra tudo e contra os quatro grandes. Sim, porque já podemos falar em quatro. E o actual Presidente da Liga ganhou o acto eleitoral sobretudo com o apoio dos pequenos clubes.


Esta nova atitude dos pequenos vai conduzir a uma maior dificuldade dos grandes em ganhar dentro do campo. Nesta diferença também se inclui a questão dos direitos televisivos. Com o fim do monopólio da Olivedesportos os clubes podem ganhar mais receitas. Mas convêm recordar aos Presidentes dos clubes mais pequenos a razão porque não têm mais publico nos seus Estádios. A culpa não é da liga e daquelas equipas que têm maior poder financeiro. Se os pequenos acham que vão resolver os seus problemas com o alargamento estão muito enganados. Muitos não se aguentavam em campo durante 34 jogos devido à falta de dinheiro porque por muitos passam. Exemplos disso são a União de Leiria, Belenenses e Guimarães que vão a jogo com salários em atraso. Isso sim é falta de democracia e respeito porquem consome o espectaculo jornada a jornada.


O circo está de volta



Este fim-de-semana, o circo da F1 regressa após a sua habitual paragem. Como não analisamos apenas o que se passa dentro das quatro linhas, iremos acompanhar a época automobilistica.

Depois do bicampeonato de Vettel, este ano a F1 promete espectáculo. O alvo abater é mais uma vez um alemão, mas de seu Sebastian Vettel.

Também é a primeira vez que 6 campeões de Mundo vão tentar conquistar ou reconquistar o ceptro. São eles Jenson Button, Lewis Hamilton, Fernando Alonso, Michael Schumacher e o próprio Vettel. O nome que falta é o de Kimi Raikkonen que regressa à F1 depois de alguns anos de ausência. Schumi e Raikkonen estão à partida fora da corrida pelo titulo por causa dos seus monolugares, mas por certo irão "congestionar" alguns dos candidatos. Webber e Massa tentarão pela primeira vez sagrarem-se campeões do Mundo.

Por tudo isto, o espectáculo promete.

sexta-feira, 16 de março de 2012

Viagem à Ucrânia


O Sporting depois de eliminar o City vai jogar contra o Metallist Kharkiv. Evitou assim os clubes espanhois e o Schalke 04, pelo que a passagem às meias finais é quase uma certeza e ainda por cima a segunda mão em Alvalade.

O carimbo para a final terá de ser frente a Athletic Bilbao ou Schalke 04.

As perspectivas para termos uma equipa portuguesa outra vez na final da Liga Europa são muito boas. O futebol português agradece.

Saiu o Chelsea!



E saiu o Chelsea ao Benfica. Não calhou nenhum dos três grandes, mas a ex- de Villas Boas pode ser um bom adversário para Jesus. Aliás, o próprio desejava o unico clube inglês nas provas europeias. O Benfica joga primeiro em casa o que pode ser uma vantagem, visto que os londrinos dão-se mal fora de Stamford Bridge. Como se viu ontem, os clubes portugueses sabem jogar bem contra equipas inglesas e o Chelsea atravessa um mau momento.

Para além da troca de treinador, a equipa azul tem um déficit de qualidade no plantel. Daí que Villas Boas tenha saído, por não ter encontrado jogadores novos e com ambição.

Será o regresso de David Luiz ao Estádio da Luz.

quinta-feira, 15 de março de 2012

Sporting "verdadeiro" milionário

O Sporting eliminou os milionários do Manchester City da Liga Europa. De certa forma, os leões acabaram por vingar o FC Porto e o futebol português. É curioso que o Sporting que anda perdido pelo 5º lugar tenha feito melhor que uma equipa candidata ao título. Mérito para Sá Pinto que soube estudar bem o jogo dos dragões com a equipa de Mancini.

A esta situação não é alheio também a sobranceria com que os jogadores milionários de Manchester abordaram a primeira mão. Terá servido de exemplo e agora o campeonato é a unica tábua de salvação para Roberto Mancini. Mas nem isso está garantido porque também o rival United foi eliminado da Liga Europa e assim só tem mesmo o campeonato para conquistar esta temporada.

A via está aberta para o Sporting nesta prova, até porque a unica equipa complicada é o Valência. Conseguirão os leões repetir o êxito de FCP e Braga na época passada?

Sem duvida que o futebol português está de parabéns. Amanhâ o sorteio ditará as sortes dos clubes de Lisboa nas provas europeias.

A vingança dos Grandes

Depois da vitória dos pequenos clubes ao conseguirem o tão prometido alargamento e a consequente não descida de divisão, eis que os grandes começam a vingar e a levantar a sua voz. FC Porto e Sp.Braga decidiram não avançar com as equipas B, que iriam ocupar a Liga Orangina. Perante esta situação, a II Divisão fica assim reduzida a 20 clubes o que desde logo vai criar um enorme problema, e como é não é crível que muitas equipas do primeiro escalão queiram substituir Braga e FCP por questões financeiras, a Liga tem um problema para resolver.


Esta atitude dos dois grandes do Norte (veremos que posição tomam Benfica e Sporting) é uma medida inteligente e visa colocar Mário Figueiredo entre a espada e a parede, porque sem equipas B na Orangina, esta prova vai ser uma grande confusão.


O actual Presidente da Liga quis ajudar os pequenos criando problemas aos grandes e agora está a "levar por tabela", porque os mais prejudicados com a questão do alargamento são os clubes que estão a lutar pelo título. Note-se que até já o Sp.Braga actua como um clube grande nestas questões de poder.


Hoje realiza-se a reunião da Direcção da FPF que vai decidir sobre a ultima AG da Liga de Clubes. Qualquer que seja a decisão tomada este processo ainda não morreu aqui, porque ainda há o CND e os tribunais. Apesar de ainda faltarem 8 jornadas, esta questão vai estender-se muito para além do Verão, pelo que o Euro 2012 e a Selecção serão tema secundário.


Se o Sorteio for bom...

...o Benfica pode estar a um passo das Meias Finais da Champions, um ano depois de ter estado presente nas meias da Liga Europa.


Barcelona, Real Madrid, AC Milan, Bayern Munique, Marselha , Apoel e Chelsea são os adversários que podem calhar ao Benfica nos Quartos de Final.


Se excluirmos os dois gigantes espanhois e o Bayern, os encarnados têm aqui quatro adversários com possibilidades de ultrapassar. AC Milan e Chelsea são à partida os mais perigosos mas ao alcance da equipa de JJ, especialmente a equipa inglesa que atravessa um mau momento apesar da entrada do novo treinador. Já o Milan é dificil por ser uma equipa italiana, mas há muito que o futebol italiano deixou de ser um papão. E o Benfica até já esteve para eliminar o Inter em pleno San Siro.


Apoel e Marselha são os mais acessíveis e o historial diz-nos que o Benfica dá-se bem com os ares de Marselha que já não tem Lucho Gonzalez. Quanto ao Apoel é uma equipa dificil que eliminou o FCP, mas a equipa encarnada já vai alertada.


Por isso, e se evitar Barça, Real e Bayern, o Benfica pode voltar a fazer história.


quarta-feira, 14 de março de 2012

Arbitragens

A questão mais uma vez volta à baila neste final de campeonato. As arbitragens são sempre motivo de discussão quando entramos na recta final da prova e ainda o titulo pode pender para muitos lados.

Tudo começa com o fora-de-jogo mal assinalado que deu a vitória do FCP na Luz e assim quase matou o título. Na jornada anterior, a polémica voltou porque os azuis e brancos perderam dois pontos e o Benfica voltou a aproximar-se.

Só se fala do Benfica e FCP mas ninguém comenta o fora-de-jogo escandaloso que o árbitro assinalou ao Leiria no jogo com o Sp.Braga. Também por este aspecto a equipa bracarense já é tratada como um grande.


Esta semana veio a publico uma declaração do delegado ao jogo FCP-Académica em que acusava o árbitro do encontro de "querer" prejudicar a equipa azul de forma propositada. Vai ser este o tema de conversa nas oito jornadas que faltam, isto para além da nova questão de não haver despromoções. A partir de agora não serão só os arbitros que estarão sob suspeita, mas sim os adversários das equipas que ainda lutam pelo titulo, porque a questão da descida de divisão ainda está longe de ser uma realidade.


Apesar de tudo, o nível de arbitragem em Portugal melhorou, e a nível de "suspeitas" também, mas ainda há muito para fazer. Sobretudo a nivel dos observadores.


terça-feira, 13 de março de 2012

As questões do Alargamento

Independentemente da questão da legalidade/oportunidade do alargamento para 18 clubes, é preciso dizer que esta não é uma boa solução, pelo menos no imediato.

Como dizia e bem LFV, as equipas portuguesas têm mais tempo para se preparar para os jogos europeus. Nos ultimos dois anos é vísivel o crescimento e melhoria do Ranking português na UEFA, ao ponto de já estarmos à frente da França.

Também é preciso referir que a Taça da Liga, embora em moldes estranhos; vem colmatar a falta de 30 jornadas. Nos ultimos três o campeonato nacional tem sido bastante competitivo, quer na primeira, quer na segunda liga. A isso, se deve o facto de haver menos jornadas para corrigir o erro de uma derrota ou de um empate.


Antes de aumentar o número de clubes, o Presidente da Liga; ou os clubes que a representam, deviam preocupar-se em criar condições para que o espectáculo fosse mais apelativo. Reduzir o preço de bilhetes, horários mais simpáticos, estádios à medida das equipas.......


Infelizmente nenhum destes problemas foi resolvido, tendo sido mais importante a luta por mais dois lugares no escalão principal, onde entrarão equipas que irão aos estádios adversários jogar com os autocarros e mais preocupante irão andar num constante sobe e desce de divisão que em nada beneficia em equilibrar as contas e a definir objectivos.


A morte de alguns clubes históricos como o Campomaiorense, Boavista, Belenenses, Tirsense, Salgueiros entre outros foi o facto de numa competição pouco equilibrada conseguirem sobreviver sempre "à tona de água". O que é importante é organizar competições com clubes estáveis para que depois a qualidade seja também ela melhor.


Em causa a verdade desportiva

A decisão da Liga alargar o campeonato de 16 para 18 clubes sem que haja despromoções quer na 1ª liga quer na 2ª vai colocar em causa a verdade desportiva.

Não se entende como é que num campeonato em que existem três equipas na luta pelo título se pode tomar essa decisão. Se fosse tomada no final de época ainda se entendia, mas a 8 jornadas do fim e com quase 7 clubes a lutar para não descer, vamos ter um campeonato "alterado", isto porque Benfica, FCP e Braga vão decidir o campeonato precisamente contra estas equipas que procuram o pontinho e a diferença entre estes três clubes vai ser mínima no fim.


Como esta decisão ainda tem de ser aprovada no CJ da FPF e pelo CND é provável que a ideia não passe do papel, mas já a partir da próxima jornada a dúvida vai estar sobre os pés dos jogadores. Marco o golo? será necessário? Deixo a bola entrar ou não? Jogamos para ganhar ou para empatar?


No entanto, há questões ainda em dúvida : como vai ser a situação do Boavista? E o Leiria que não tem condições financeiras para jogar sequer a nível profissional? Antes de avançar para o alargamento, Mário Figueiredo e os clubes deveriam arranjar soluções para que os clubes mais pequenos não entrassem em campo com dificuldades, porque ao saber da existência de problemas financeiros em certas equipas, os adversários têm a tarefa mais facilitada. Também neste aspecto a verdade desportiva está em causa.


segunda-feira, 12 de março de 2012

Campeonato desvirtuado, está aprovado!

Está aprovado!!!

O campeonato nacional da I divisão 2012-2013 vai ter mesmo 18 clubes ainda sem saber como vai ser feito o regime de subidas e descidas. No entanto, há uma certeza : não haverá regime de Liguilha.


Ora, apenas FC Porto e Nacional votaram contra. Supreendente é a posição do Benfica que mudou o seu voto à ultima hora. Veremos se com 18 clubes a Taça da Liga deixa de existir.


Com esta decisão, o campeonato nacional fica desvirtuado no que toca ás subidas e descidas, porque clubes como a União de Leiria ou Setubal que estão com graves problemas financeiros e poderiam descer, têm a possibilidade de ficarem mais um ano na I Liga sem qualquer condição para o fazer.


O Presidente da Liga foi eleito pelos "pequenos" e são estes que pretendem o alargamento. O problema é que isto tinha de ser feito numa época de transição, que como seria lógico, teria de ser na próxima época. Mário Figueiredo começa mal o seu mandato porque cede à pressão daqueles que o elegeram desvirtuando por completo o resto do campeonato. Recorde-se que equipas há que irão defrontar os candidatos ao titulo e poderão nem sequer pensar na linha de água.


Izma e Jeffren

Os dois extremos do Sporting Izmailov e Jeffren brilharam ontem na vitória leonina por 5-0 sobre o Vitória de Guimarães. Não fossem as muitas lesões do primeiro e o azar do segundo, talvez o Sporting estivesse noutra posição e Domingos ainda comandasse a nau leonina. A juntar à perda de Rinaudo a equipa do Sporting não tem um grande desequilibrador, até porque Capel ainda é novo e Matias está irregular.


No entanto, estas duas ausências de vulto não podem explicar o mau campeonato do Sporting, porque uma grande equipa tem de saber suprir a falta de um jogador fundamental na manobra da equipa. Veja-se o caso do Benfica onde Aimar pode não jogar, no FCP que vive sem Hulk e no Braga que continua a ganhar mesmo não tendo Alan e com uma defesa adaptada.


Se já sabemos que Izmailov tem problemas com as lesões, ainda estamos para ver se Jeffren vai ser ter a mesma continuação.

domingo, 11 de março de 2012

A luta é a três - jornada 22

A 22ª Jornada veio trazer um novo interesse à luta pelo titulo : O Benfica recuperou dois pontos que tinham perdido na Luz frente ao FC Porto e o Braga continua a conquistar terreno muito lentamente.


É notório que FC Porto tem lacunas que não asseguram a manutenção de exibições de qualidade. James e Hulk não chegam para levar a equipa às costas. Os dois próximos jogos vão ser decisivos para o futuro : deslocações ao Nacional e a Paços de Ferreira. Nas ultimas jornadas ainda há jogos em casa do Braga e do Maritimo, isto sem contar com a ida a Vila do Conde na ultima jornada. Veremos em que posição fica o FCP depois desta dupla jornada fora.


O Sp.Braga moralizado com as 11 vitórias consecutivas tem uma deslocação fácil a Santa Maria da Feira para depois receber a Académica. Segue-se uma jornada dupla com Benfica e FCP. Será aí que ficaremos a saber se o Sporting de Braga tem estofo de campeão.


O Benfica recuperou depois de 3 jogos sem ganhar no campeonato e da perda da liderança. À excepção do jogo com o Braga e com o Sporting, o Benfica tem um calendário mais acessível, visto que já foi a quase todos os terrenos complicados. No entanto, pode ter vida complicada em Olhão onde o "Dragão " Sérgio Conceição vai fazer tudo para vencer os encarnados. A visita a Alvalade terá que ser feita na liderança e com vantagem para os mais directos rivais, porque nessa jornada Braga e FCP jogam entre si.


Destaque para a luta entre Sporting e Maritimo na luta pelo 4º lugar. É que tanto Benfica como FC Porto terão de medir forças com as duas equipas. Já o Braga vai a Alvalade na ultima jornada.


Ainda uma palavra para o Rio Ave que está a fazer uma notável subida de forma ao estilo Carlos Brito. Começa mal mas depois ninguém pára os vila condenses.


Que FC Porto?

Esta época temos vindo a assistir a uma irregularidade exibicional do FC Porto, apesar dos bons resultados que o conduzem à liderança do campeonato até ao momento. Ao contrário do seus principais rivais na luta pelo titulo, os azuis e brancos têm alternado o bom com o mau, nunca chegando ao muito bom.

A vitória na Luz foi a melhor exibição da equipa, enquanto que o empate diante da Académica foi um regresso às más exibições. Há certos aspectos que não se entende na equipa liderada por Vitor Pereira. Se Djalma já é sofrível como extremo, colocá-lo a defesa direito é um risco. Muitos acharam que a sua colocação naquela posição diante do Benfica foi importante para a vitória. Ora, Djalma é um jogador mediano, para não dizer mau. No meio-campo e com a saída de Fernando, verifica-se que o FCP não tem alternativas credíveis, porque obriga João Moutinho vir buscar jogo enquanto Defour não tem a qualidade para construir jogo.

Kleber e Janko são jogadores medianos. O austríaco marcou 3 golos no inicio mas nos ultimos jogos não se tem visto. É um ponta-de-lança que se mexe menos que Cardozo e está sempre à espera que a bola lhe vá cair nos pés.

Com o empate de ontem, o FCP voltou a mostrar as suas deficiências e numa altura que vai ter duas deslocações complicadas, o empate de ontem é comprometedor apesar de o ainda manter na liderança. A vitória na Luz foi rapidamente esquecida.

sábado, 10 de março de 2012

Leão volta a rugir

A vitória do Sporting perante o Manchester City foi uma boa notícia para os seus adeptos, para Sá Pinto e para o futebol português, que assim alcançou o 5º lugar no Ranking da Uefa e tendo mais uma equipa nas provas europeias que a França.

O facto deste Sporting estar a fazer uma boa campanha europeia é motivo de orgulho para os seus adeptos, já que internamente as coisas não estão a correr bem.

Ainda falta jogar a 2ª mão, mas serão os Citizens que entrarão pressionandos na próxima Quinta-Feira. Veremos no entanto como se comportará o Sporting no campeonato e frente a um rival muito dificil chamado Vitória de Guimarães.

O que se nota é que a pouco e pouco Sá Pinto começa a ganhar a confiança dos jogadores, e isso é muito importante.

sexta-feira, 9 de março de 2012

Declarações com sabor a Mudança

Perante estas afirmações é crível que estamos a assistir ao fim da ligação de um grande jogador ao Benfica e ao inicio de uma mudança para o Dragão que tem Braga como ponto de passagem. Estas são declarações muito parecidas com as de João Moutinho em relação ao Sporting e que o acabaram por o levar para o Estádio do Dragão.

É histórico que qualquer bom jogador insatisfeito na Luz ou em Alvalade acaba por ser referência no FC Porto. Foi assim com Rodriguez, Moutinho e outros....

Apesar de ter renovado contrato com as águias antes de rumar a Braga, Ruben Amorim está claramente a forçar a saída definitiva do emblema da águia para acabar por pisar o relvado do Dragão.

Não sabemos quem será o culpado, se a falta de títulos do clube, se do treinador ou é o próprio jogador que tem uma costela portista dentro de si. Tal como João Moutinho.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Leonardo

Leo Messi fez ontem uma manita no jogo da Liga dos Campeões frente ao Leverkusen num jogo em que o Barcelona esmagou os alemães por 7-1.

O jogador argentino é uma raridade e apesar de ser baixinho tem uma estampa física impressionante que o leva a aguentar as inumeras cargas que os adversários lhe fazem na caminhada do baixinho para a baliza.

Messi vai ficar na história e muito provavelmente ultrapassará Pelé, Eusébio e o próprio Maradona como os melhor de sempre.

Para nossa tristeza Messi está em primeiro e Ronaldo fica em segundo. Como são os dois da mesma geração, vão acabar a carreira quase ao mesmo tempo e assim o nosso CR7 nunca conseguirá revalidar a Bota de Ouro. Porque Messi estará sempre lá.


quarta-feira, 7 de março de 2012

Vitória à Benfica!

A vitória de ontem do Benfica sobre o Zenit mostra que a equipa está viva, pena é que Jesus não consiga "pausar" o jogo em determinados momentos. A ultima barreira dos cinco jogos foi ultrapassada com sucesso, mas só uma vitória na Champions salvará o poiso a Jesus.

Contudo nem tudo foram rosas no SLB de ontem. Gaitan e Rodrigo atravessam momentos de forma complicados e Emerson parece não ter qualidade para jogar no Benfica, embora este vá ser uma questão contínua, porque ao que parece Jesus quer insistir nele enquanto Luis Martins não tiver maduro porque Capdevilla continua fora das contas para o lado esquerdo. O espanhol vai ter que jogar na Mata Real mas isso será uma situação passageira.

Apesar da importante vitória de ontem, só a conquista do campeonato nacional valerá à "nota artistica", porque é dentro do campo que se joga e se definem os melhores. E para o Benfica as vitórias morais há muito que deixaram de ter importância.

terça-feira, 6 de março de 2012

A queda de Ricardo Carvalho





A notícia que Ricardo Carvalho está entre os dispensáveis do Real Madrid é motivo para reflexão e alguma análise.

Em pouco tempo o central que brilhou no FCP, Selecção e Chelsea e no Real a espaços caiu em desgraça.

Ainda no fim de semana passada, o central foi assobiado pelos próprios adeptos merengues e dois dias depois está na lista de dispensas de José Mourinho.
A este caso junta-se a famosa cena na Selecção Nacional com Paulo Bento. Estes episódios revelam que Carvalho está na fase descendente da carreira, resta saber se é por causa das lesões ou é algo mais que extravasa o plano desportivo. Se em relação à equipa das quinas já percebemos que Ricardo não gosta de cumprir ordens, no Real ainda é desconhecido.


O futuro reserva-lhe ou a reforma ou então um clube russo ou mesmo norte-americano. Um jogador com tanta classe merecia outro fim de carreira, mas quem não joga em equipa acaba por receber poucas palmas.

segunda-feira, 5 de março de 2012

A ultima barreira



A época do Benfica jogava-se em cinco jogos : os duelos com o Zenit, as deslocações a Guimarães e a Coimbra e a recepção ao FC Porto.

A primeira mão em São Petersburgo foi o inicio do descalabro que culminou com a derrota em pleno Estádio da Luz e assim pode ter hipotecado as aspirações para o titulo.

Amanhâ o Benfica joga uma cartada importante e parte em desvantagem. Este Zenit também partia em vantagem no jogo com o FCP e conseguiu saber sofrer durante 90 minutos. Amanhâ na Luz a atitude dos russos vai ser a mesma, mas a do Benfica é que tem de ser substancialmente diferente. Espera-se uma equipa de ataque, mas que este seja organizado e eficaz. Jogar com a cabeça e não com o coração, principalmente se as coisas não correrem bem na primeira parte.

Os encarnados jogam o seu futuro externo mas também interno no jogo da Champions. Uma derrota pode ser fatal para o resto da campeonato, enquanto que uma vitória pode dar um novo folego na Liga, já que este FCP de Vitor Pereira ainda vai tombar em alguns campos complicados.

Três para o titulo

FC Porto, Benfica e Sp.Braga são os três que vão discutir o titulo nacional até ao fim.


Dois anos depois, o Sp.Braga está de volta à luta pelo titulo, embora os seus responsaveis continuem a negar uma evidência. Foi assim que Leonardo Jardim subiu o Chaves da 2B à 2divisão e o Beira Mar da II à I. Esta ascensão do Braga mostra o bom trabalho desenvolvido por António Salvador e como o cântaro tantas vezes vai à fonte, a equipa bracarense irá mesmo acabar por ser campeâ um dia.


Benfica e FC Porto são mais repetentes nestas andanças, embora o clube da Luz tenha andado muito distante dos azuis e brancos. O FC Porto ainda é mais forte, como se viu no sábado, mas o Benfica está a construir uma estrutura que o irá devolver ao topo, e Pinto da Costa não dura sempre.


As ultimas nove jornadas vão ser decisivas até porque todos têm deslocações dificeis, nomeadamente a Paços de Ferreira onde o clube local luta pela permanência. O Benfica é o primeiro a deslocar-se à Mata Real. O Sporting de Sá Pinto apesar do mau momento também vai ter uma palavra a dizer porque joga com os três primeiros. Recebe Benfica e Braga e vai ao Porto onde poderá empatar.


Ninguém tem jogos fáceis mesmo em casa, pelo que é de esperar uma luta frenética até final. O jogo da Luz foi importante mas não decisivo.


domingo, 4 de março de 2012

Pouco Coração de Leão

Apesar das três vitórias e um empate em quatro jogos, o jogo de ontem em Setubal voltou a mostrar as fragilidades leoninas. A defesa continua de papel e como até ao final da época não vai haver mudanças é por ali que os adversários vão atacar. O meio campo sendo o sector mais forte é instável e irregular não existindo alternativa a Rinaudo. Elias e Schaars são jogadores medianos.

Quanto ao ataque, Van Wolfswinkel vai continuar em branco e Capel agarrado à bola. Vai ser este o Sporting até ao fim do campeonato pelo que a normalidade voltou ontem. Ainda ninguém sabe qual a razão de Jeffren estar constantemente lesionado. É um novo Izmailov?

Será interessante saber que jogadores escolherá Sá Pinto para a próxima época. Optará pela agressividade ou técnica?

O curto reinado de André

Estreamos este novo espaço dedicado ao desporto-rei mas não só com a notícia relativamente à despedida de André Villas Boas do Chelsea. O Special Two ou Herdeiro de Mourinho não aguentou a época inteira na equipa de Abramovich.

Depois de um ano de sonho com a conquista de todos os troféus, André não conseguiu fazer o mesmo do Chelsea. Apesar da tenra idade, Villas Boas deveria ter feito melhor isto também tendo em conta o facto de ter herdado uma equipa velha e com muito cansada.

Villas Boas sai mas não regressa a Portugal, pelo menos no imediato e a porta do Inter pode estar entreaberta caso a equipa de Milão continue com os maus resultados.

Se assim acontecer, Villas Boas imita o percurso de Mourinho mas apenas em termos de curriculo já que no que toca a troféus ainda tem muito que aprender.